segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Professores da Alemanha - Angela Paulus

Angela iniciou no folclore em 1978 em Laisa, sua cidade natal, no Volkstanz- und Trachtengruppe Laisa. Este grupo tem uma longa tradição na organização a participação da Rückersfest que acontece a cada 7 anos na cidade. Foi coordenadora deste grupo por 4 anos.

A Marburger Tracht é o traje desta região do qual tem uma grande coleção de peças para diversas ocasiões. Para ela este traje sempre fez parte do dia-a-dia pois o conheceu pelas suas avós que o usavam diariamente.
Aprendeu o correto uso do traje e sabe da importância de se preservar estes valores. Para que pudesse recuperar peças antigas e fazer novas quando necessário se empenhou em até aprender a fiação manual.

Evangelische Marburger Tracht - Foto: wlz-fz.de

Buscando novas possibilidades de praticar a cultura local, há alguns anos fundou juntamente com alguns amigos, um novo grupo que além da dança folclórica de dedicam à pratica de canto com canções populares e dedicadas ao trabalho das fiadeiras. Além disso fazem teatro e representações de histórias e tradições antigas. Neste grupo Angela é coordenadora de danças.

Juntamente com Stefan Hartmann já foi professora em diversos seminários e cursos voltados para a dança folclórica.

Além disso Angela já foi diversas vezes professora convidada em eventos da Hessischen Landjugend, do Comitê Alemão da Europeade e da Hessischen Vereinigung für Tanz- und Trachtenpflege.
Apaixonada pela dança folclórica, há 20 anos coordena o Trachtengruppe „Die Wiedehöpfe“ de Rollshausen.

Participou de várias diretorias em entidades como Hessischen Landjugend, Hessischen Volkskunstgilde e na Hessischen Vereinigung für Tanz- und Trachtenpflege hoje é responsável pela área de trajes e costumes.

Pela Hessische Volkskunstgilde que tem como lema „Altes bewahren, neues gestalten“ (Preservar o antigo e estruturar o novo) recebeu a condecoração do Hessische Volkskunstsiegel.
Angela Paulus à direita - Foto: myheimat.de
Há 30 anos participa do curso de danças de Fredeburg. Desde 2012 estes passaram a ser organizados e administrados de forma voluntária para que pudessem ter continuidade. Angela faz parte do comitê de organização assim como da associação mantenedora do curso. Os participantes destes cursos são de diversas regiões da Alemanha com professores convidados e temáticas diversificadas. O curso tem duração de 5 dias e Angela acredita ser semelhante ao curso em Blumenau.

Se você que se informar sobre o curso acesse  Fredeburger Volkstanzkurs.


Europeade em Martigny (Suíça) 2008
Em torneio de danças que será uma das temáticas abordadas, tem experiência tanto pelo lado da organização como também pela participação.

Em outubro de 2007 ela esteve em Blumenau juntamente com o grupo da Landjugend Haubern.